Wednesday, February 20, 2008

Stress!

Esse artigo nao tem nada haver com peso, mas o stress pode causar o aumento do nosso peso. Gostei desse artigo, espero que gostem tambem! - Simply Cintia

Lidando com o ‘stress’
por Mike Wall.

‘Se formos lançados numa fornalha de fogo ardente, o Deus ao qual servimos pode nos livrar.’ (Daniel 3:17). As pessoas envolvidas em situações de desastres têm de lidar com altos níveis de ‘stress’ e por isso é útil que se compreenda o que é o ‘stress’ e como podemos lidar com ele.

Três tipos de ‘stress’
Muitas situações do dia a dia nos causam ‘stress’. Sentimos ansiedade, que é saudável e necessária quando deparamos com situações novas tais como começar um novo emprego ou encontrar um novo grupo de pessoas. Este tipo de ‘stress’ na verdade nos ajuda a responder e a lidar duma melhor forma com estas situações novas. Podemos chamar este tipo de ‘stress’ de stress produtivo.

No entanto, quando o nível deste tipo de ‘stress’ aumenta, nos sentimos mais e mais sob pressão. Com o passar do tempo ficamos mais e mais preocupados. Chegamos a um ponto onde já não conseguimos mais lidar muito bem com estas situações difíceis. Toda a nossa energia é consumida com a nossa própria sobrevivência. Este tipo de ‘stress’ pode ser chamado de stress não produtivo.

Se o nível de ‘stress’ continua a subir, há ainda um outro nível de ‘stress’ que podemos chamar de stress paralisador. Neste estágio a pessoa está a ponto de ter um esgotamento e não tem condições de trabalhar. Esta situação extrema requer a ajuda dum especialista.

O diagrama abaixo mostra estes três tipos de ‘stress’. Entre o ponto A e o ponto B a pessoa se encontra em suas melhores condições para o trabalho. Após o ponto B, a pessoa trabalha cada vez e menos eficazmente. A verdade é que não existem mudanças bruscas de comportamento que nos indicam que uma pessoa passou para o ‘stress não produtivo’. Há no entanto, alguns sintomas de advertência.

Sintomas de advertência de ‘stress’
Sintomas físicos…
*aftas
*dores de cabeça
*cansaço
*dificuldade para dormir
*ataques de pânico

Sintomas mentais…
*sentimento de fracasso
*raiva e ressentimento
*desejo de fugir duma determinada situação
*incapacidade de concentrar no que alguém está dizendo
*suspeitar dos outros
*dificuldade em tomar decisões
*depressão

Sintomas espirituais…
*Deus parece estar distante e não se importar
*falta de entusiasmo para servir a Deus
*perda de alegria no relacionamento com Deus
*ênfase no castigo de Deus mais do que na Sua misericórdia

Outras pessoas podem não perceber nenhum destes sintomas por muito tempo. A pessoa pode ter uma combinação dos sintomas mencionados, mas geralmente estes sintomas não se apresentaram antes que a pessoa começou a enfrentar a situação de ‘stress’.

Como lidar com o ‘stress’
*Peça a Deus para que lhe dê recursos extra para o ajudar com a situação difícil que você enfrenta. Ele prometeu nos equipar com tudo que necessitamos para servi-lo.
*Se possível, tente livrar-se de parte do ‘stress’. Por exemplo, se houver dificuldades no relacionamento com um colega de trabalho, tente conversar abertamente com ele sobre o problema. É claro que no caso dum desastre, pode não ser possível se livrar do ‘stress’.

Desenvolva formas de lidar…
*Dê atenção à sua saúde e encontre tempo para descansar.
*Converse com outras pessoas sobre o que você sente.
*Avalie a maneira como trabalha. Você está estabelecendo objetivos impossíveis de serem alcançados ou não está sendo realista quanto ao tempo necessário?
*Aprenda a delegar e a dividir responsabilidades.
*Conte as suas bençãos, não os seus problemas, e viva a cada dia de cada vez.
*Esteja aberto para receber ajuda, apoio e encorajamento dos outros – amigos, familiares, pessoas da igreja e colegas de trabalho.