Thursday, May 7, 2009

Nascimento do meu Bebe


Minha bolsa de aguas estorou na terca, dia 28 de abril. Eu almocei e estava sentada perto da minha janela lendo uma revista. Nao saiu tudo de uma vez, foi de pouquinho a pouquinho. Liguei pro meu marido, que atendeu o celular me perguntando: sua bolsa estorou? Eu disse que acho que sim. Dai eu fui tomar um banho e quando sai vi que a agua continuou escorrendo. Ligamos pro medico e fomos pro hospital. Chegando la, uma das enfermeiras era uma irma la da igreja, o que foi otimo. O medico nos permitiu ver se o parto ocorreria naturalmente sem precisar de remedios, entao esperamos de 1:30 da tarde mais ou menos ate umas 10:30 da noite. Nada de contracoes, so a bolsa estourada e 2 cm dilatada. Comecamos o remedio (pitocin) as 10:40 e quase imediatamente senti as contracoes. Nao pedi anesthesia, o que quer dizer que pratiquei os exercisios da aula pre-natal a noite toda. Meu marido estava la pra me dar o apoio que eu precisava. Levamos nosso Ipod pro hospital tb, as musicas que escolhemos ajudou muito espiritualmente. Teve uma hora que 3 enfermeiras vieram me checar ao mesmo tempo, parece que o coracao do bebe nao estava batendo tao depressa como necessario. Colocaram uma mascara de oxigenio em mim, mas depois de alguns minutos elas tiraram. Depois de 8 horas em trabalho de parto eles chamaram o medico. Uma das enfermeiras disse que eu estava 9 cm dilatada, o que me fez muito feliz, mas outras tinham um numero diferente e o medico tambem. O interessante com todo mundo que estava checando a dilatacao, e que eles tinham que alcancar muito fundo. No dia que cheguei la eles tiveram que fazer um ultrasound pra ver se era mesmo a cabeca do nenem porque estava bem em cima. Quando o medico chegou eu estava bem cansada (depois de 8 horas sem anestesia, lembra?). Ele disse que que me mediu e eu estava 8 cm dilatada, alem da bolsa de agua ter estourado faz tempo. Ele achou melhor fazer uma cesaria porque o nenem nao estava descendo pra posicao do nascimento e ele nao tinha virado o rosto pra baixo. Nos dissemos que tudo bem, e eu estava tao desesperada pra parar de sentir dor que pedi logo por anestesia. A sala da cesaria foi preparada bem rapido e ate eu chegar la, continuei sentindo dor, mas fazendo os exercisios aprendidos. O exercisio que estava ajudando no final incluia segurar um pente fino alem de fazer os exercisios de respiracao e receber uma massagem na parte mais baixa das minhas costas. Eu nao estava esperando fazer uma cesaria, entao quando o meu marido foi se preparar e me levaram pra sala de operacao senti um pouco de medo mas tentei nao me desesperar. A primeira pessoa que falou comig foi o medico anestesista, ele foi bem legal, mas eu so queria aquela injecao (rs). Eu ainda estava nervosa ate que a parteira com quem nos nos consultamos apareceu com um sorriso enorme, dizendo que ela estaria fazendo parte da operacao. Na hora da anestesia na espinha, ela me disse pra abraca-la, o que me trouxe bastante conforto. A anestesia funcionou quase que automaticamente, vc nao sente nada do peito pra baixo. Eles colocaram uma cortina na minha frente, entao alem de nao sentir nada, nao vi nada tb. Vi o Zeke, e depois de poucos minutos percebi que o nenem tinha nascido. Ouvi ele chorando e o Zeke o trouxe pra eu ver. Foi incrivel ver o meu filho pela primeira vez, achei-o lindissimo! O Zeke foi com o nenem, e eu ainda fique la pra eles terminarem a operacao e depois pra recuperacao por um pouquinho. Foi muito estranho ter aquela anestesia, o que e melhor do que a geral. Eu nao senti minhas maos por um bom tempo, entao eu nao ia pegar o nenem ate que eu tivesse controle das minhas maos. Quando me levaram pro meu quarto o Zeke estava todo feliz segurando o bebe e eu ainda passei mal com a operacao, e estava esperando pra ter controle total dos meus bracos, o que aconteceu logo. 
Acho que segurei meu filho por muito tempo, ele estava com os olhos abertos, entao conversei muito com ele, foi muito bacana. Depois de um tempinho comecei a sentir minhas pernas de novo, e dai o processo de recuperacao da cirurgia comecou. 
Ser mae e uma bencao. Como me disseram, o nenem veio, nao importa o metodo, e nao importa o metodo ele e meu filho e eu sou a mae dele. Estou descobrindo o que e ser mae dia a dia, e quero dizer que nem tudo e mar de rosas, mas o amor e a alegria que vem com esse titulo sao inexplicaveis. O nome do meu filho e LP. Hoje ele tem 8 dias de vida. Ainda estamos nos acostumando a essa fase nova da vida e continuo declarando que posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. Continuo me recuperando da operacao. Estou me movendo melhor, muitas coisas sao mais faceis hoje do que eram ontem, mas aqui eles te dao 6 semanas pra voltar completamente ao normal. A familia de Deus tem cuidado muito bem de nos. Os irmaos da igreja tem trazido comida todos os dias, e ontem uma irma veio e limpou minha casa todinha. Deus e muito bom. Ele promete de que se a gente deixar nossa terra por amor dele, Ele nos dara outros pais, maes, irmas e irmaos, etc. Eu sou testemunha de que essa promessa e verdadeira. Continuem orando por nos, necessitamos de oracoes mais do que nunca. Estou muito feliz. Comeca um novo capitulo na minha vida. Obrigada Jesus!

0 comments: