Tuesday, November 24, 2015

Sotaque

Eu e meu marido em 2007, a última vez que fomos no Rio.

Eu moro nos Estados Unidas há 17 anos. Eu morei no Brasil há 17 também. Muita coisa mudou nos dois países, mas também em mim. Uma das coisas que as pessoas mais notam é o meu sotaque. 
Por exemplo, quando eu conheço brasileiros aqui na cidade, eu os saúdo em Português. Os comentários que me dão é: "pensei que você fosse Angolana" ou "você perdeu o seu sotaque. Você fala como se fosse uma americana que mora no Brasil faz tempo." 

Eu converso mais com brasileiros que vão na minha igreja. Quando ouço português na rua eu geralmente não falo com a pessoa, porque com 17 anos de Estados Unidos eu me cansei do racismo de Brasileiros aqui no Estados Unidos. Infelizmente, na cabeça deles, a cor da minha pele tem um significado ruim. Eu aprendi a evitar isso e realmente ficar na minha em vez de bater papo com todo mundo. Racismo tem em todo lugar: no Brasil toda vez que eu vou algo racista acontece e aqui também. Em vez de ter que aturar racismo de Brasileiro aqui, eu prefiro ficar na minha e não bater papo ao menos que seja com alguém que esteja visitando minha igreja ou alguém que queira conversar comigo. Triste, mas é parte da vida aqui. 

Outra coisa infeliz é quando ouvem o meu sotaque e começam a criticá-lo. Claro que o sotaque muda depois de 17 anos. Quando eu cheguei aqui, eu resolvi aprender o inglês bem, de forma que todo mundo me entenda. Por isso eu tentei melhorar muito a minha pronúncia. Eu ainda tenho sotaque quando falo inglês, mas nem tanto como eu tinha 17 anos atrás. O sotaque no Português muda porque minha vida toda (bem, a maioria) é em inglês. A faculdade, o mestrado, o trabalho, a escola, igreja, etc. O meu marido fala inglês e a família dele toda. Apesar de eu me comunicar sempre em Português, a grande maioria é em inglês. 

O sotaque mudou sim porque resolvi honrar a bênção de Deus que é de morar legalmente nesse país. O sotaque mudou sim porque moro nos Estados Unidos e aqui se fala inglês. O sotaque mudou sim porque eu também mudei e pra melhor. O sotaque mudou sim e com ele veio a aquisição de 3 idiomas que domino com muita alegria. 

Eu sei que não posso mudar os comentário bobos de gente que não me conhece (ou o racismo deles). Eu sei que sou responsável pela minha vida interior e escolho a paz de saber que Deus me trouxe aqui e sou muito agradecida por isso. Pode criticar o meu sotaque sim. O fato é que criticar o que não se tem responsabilidade não é certo. 

0 comments: