Wednesday, October 13, 2010

Fazendo o Melhor Possível

Perder peso não é mole. Perder peso depois de ter 2 bebês não é impossível também. A realidade é que a minha prioridade não é perder peso. Antes de ter as crianças, perder peso estava no topo da minha lista. Agora meus filhos são prioridades. Perder peso era como se fosse um projeto de ciência. Agora eu nem tenho tanto tempo assim pros projetos que tenho aqui em casa. Sei que isso vai passar. Criança pequena exige muito tempo. 
O pior que posso fazer agora é ficar me condenando por não estar com o mesmo corpo que tinha 2 anos atrás. O melhor que posso fazer agora é continuar cultivando os bons hábitos alimentares:
• beber bastante água;
• parar de comer quando a fome passar; 
• fazer escolhas inteligentes: não trazer doces pra casa, manter muitas frutas em casa;
• comer bastante legumes e verduras todo o dia.
Outra coisa que ajuda bastante é me vestir bem. Os EUA são famosos por ter muita gente obesa e o lado bom disso é que tem roupa bonita em tudo quanto é tamanho. 
Aprendi com o meu marido que você deve se vestir bem, não importa o seu tamanho. Com tempo a gente muda pra números menores mas é insensato viver querendo entrar em um número de calça que só posso alcançar com o passar do tempo. Tenho que estar feliz comigo agora. 
Em vez de olhar pras minhas fotos e ficar me condenando por ter o peso extra, eu fico agradecida a Deus pelo seguinte:
• estou saudável e minha família também;
• tenho uma família abençoada;
• estou tomando o caminho saudável (que nem sempre é o mais rápido) pra redução alimentar. Esse tipo de mudança dura a vida toda.

0 comments: