Wednesday, September 15, 2010

Mães e Frutos

Não façam nada que seja motivado por despique, nem que seja provocado por interesses pessoais. Mas sejam humildes: que cada um considere os outros superiores a si mesmo. Não pensem unicamente nos vossos interesses, mas procurem também aquilo que interessa aos outros. Filipenses 2:3-4 (O Livro)

Ouvi dizer que um quebrantamento acontece quando a gente se torna mãe. Fiquei esperando o tal do quebrantamento e creio que estou vivendo-o agora. 

Pra amiga que compartilhou isso comigo, levou um ano pro quebrantamento acontecer. Pra mim, levou um pouco mais de tempo. Também ouvi dizer que você não desaprende a ser egoísta até ter filhos. Concordo plenamente. Nunca achei que fosse egoísta, mas Deus tem uma maneira de tirar de você até o que você acha que não tem (egoísmo nesse caso). 
Sempre fui muito independente e antes de ter filhos nunca tive que considerar outras pessoas. Os únicos interesses que eu tinha eram os meus próprios, mas agora tudo muda. Os filhos vêm primeiro e com muito prazer! 
É difícil me acostumar a não ter mais tempo NENHUM pra mim. Sei que isso é uma fase, mas creio que esse é o teste que toda mãe tem que passar. O que fazer nessas horas? Relaxar, confiar em Deus e aprender essas lições espirituais. 
Colocar os filhos acima de si produz humildade e paciência. Paciência é parte do fruto do Espírito. Fruto não nasce pronto. Tem que crescer e se desenvolver, assim também Deus nos dá a oportunidade de crescer e desenvolver nessas áreas.

"Mas o fruto que o Espírito produz em nós é: o amor, a alegria, a paz, a paciência, a bondade, a delicadeza no trato com os outros, a fidelidade, a brandura, o domínio de si próprio. Em relação àqueles que vivem desta maneira, a lei nem sequer tem necessidade de existir." Gálatas 5:22-23 (O Livro)

Ser mãe não é brincar de boneca. Você dá muito pros filhos mas Deus dá muito mais pra você. O importante é estar aberta pra receber as bênçãos que vem de Deus. Ter mais paciência, mais amor e delicadeza é uma bênção. O que estou aprendendo nessa fase da minha vida vai me ajudar muito no futuro, tenho certeza. Tem coisas que a gente só aprende quando tem filhos.
Apesar das dificuldades normais que toda mãe tem, quero agradecer a Deus pela bênção que ganhei quando tive meus filhos: ganhei a oportunidade de ter mais do fruto do Espírito.

2 comments:

Vanessa S. said...

Olá, sou uma seguidora da RA também e já perdi 10 kg com a bendita! Daí meu interesse em entender melhor a obesidade. Estou com um grupo fazendo uma pesquisa pelo Mackenzie e gostaria que vc divulgasse o link da pesquisa, para que possamos entender melhor esse fenômeno.
Segue o texto formal: Somos um grupo de pesquisadores estudantes de Psicologia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo e queremos investigar a relação entre os Hábitos Alimentares na Infância e Obesidade na vida adulta. Para isso, contamos com sua autorização para divulgação de nosso link de pesquisa nesta comunidade, ressaltando que todas as respostas serão completamente confidenciais e em nenhum momento poderão ser atribuídas a um indivíduo, uma vez que não terá nenhum tipo de identificação e somente o grupo de pesquisa terá acesso ao banco de dados e serão tomadas todas as medidas para a garantia da confidencialidade. A divulgação do trabalho terá finalidade acadêmica, esperando contribuir com maior conhecimento estudado.
A pesquisa se encontra disponível no link - http://www.encuestafacil.com/RespWeb/Qn.aspx?EID=803563
grata e sucesso nessa sua jornada!
Vanessa Strauss

Emilie Poulain said...

Cintia, abençoado post, tenho sentido esse quebrantamento, no meu caso é como uma "brandura de espirito" de forma que tenho sentido que posso ser mais paciente e agir com uma paciencia e ternura que eu desconhecia ter. Porque tenho experimentado um amor incondicional.

bjs